Ao contrário do título do filme, azul não é a cor mais quente. A cor mais quente é o vermelho. Todo mundo sabe disso, mas o empreendedor Gary Kremen descobriu isso de forma estatística. Em 1995 ele fundou a Match.com, o primeiro site de encontros da internet. Formado em ciência da computação pela Northwestern University e com MBA por Stanford, ele era um típico nerd que não entendia muito de relacionamen…
Imprimir
Interagir com a informação em qualquer lugar, a qualquer hora, por qualquer meio e em qualquer dispositivo é a perfeição da mobilidade que todo usuário e corporação desejam. Nestas recentes décadas de avanço na rapidez da comunicação, esta situação começa a acontecer cada dia mais. O telégrafo era mais rápido que as diligências, o telefone trouxe uma rede mais capilar permitindo que as pessoa…
Imprimir
Diferente do modelo atualmente utilizado e fortemente suportado pela internet e por ferramentas de colaboração, o surgimento do home office tem indícios em 1857 com a utilização das telecomunicações nos Estados Unidos em uma companhia de estrada de ferro, que usava um sistema privado de telégrafo para gerenciar o pessoal que estava distante do escritório central. Hoje, seu uso está longe de ter a…
Imprimir
O empresário Jorge Paulo Lemann – considerado pela Revista Forbes o homem mais rico do Brasil e o 34º homem mais rico no mundo – adquiriu recentemente a rede de fast food Burger King e possui uma fortuna aproximada de US$ 19,7 bilhões (equivalente a R$ 47,28 bilhões). Ele também é dono da B2W, grupo que reúne as Lojas Americanas, Americanas.com, Submarino e Shoptime. Suas empresas são geridas at…
Imprimir
A PricewaterhouseCoopers (PwC) divulgou em 19 de fevereiro sua pesquisa “Economic crime: a threat to business processes – 2014”. Esta pesquisa contou com a participação de 5.128 respondentes de 96 países ao redor do mundo. Destas companhias, 54% possuem mais de 1.000 funcionários. O Brasil está representado neste contingente. É uma pesquisa riquíssima e merece ser estudada e debatida detalhada…
Imprimir
“Ricardo? Não conheço.” Essa foi a resposta que obtive quando perguntei se ela trabalhava com o Ricardo. Era um evento de empreendedorismo e a moça que eu acabara de conhecer havia me dito que já estava há quatro meses na empresa. “Sabe o sobrenome?” perguntou, não se dando por vencida. “Sayon”, respondi. Mas, pela minha expressão, ela percebeu que deveria conhecer a pessoa. “O fundador da em…
Imprimir
Página 1 de 27123451020...Última »