Aluna da FIAP vence desafio na categoria Igualdade de Gênero

26 de junho de 2018

materia

 

Letícia Camilo, aluna de Marketing Digital & Data Science da FIAP, foi vencedora do Do It! Challenge 2018 – um programa realizado pelas empresas Eureca e AIESEC, que propõe a jovens empreendedores o desafio de criar soluções que alcancem um dos três Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU: Fome Zero, Educação de Qualidade e Igualdade de Gênero. A aluna foi vencedora da categoria Igualdade de Gênero, com o projeto XXer – uma rede social que visa conectar mulheres que trabalham, estudam ou se interessam por tecnologia, possibilitando a interação e a troca de serviços entre elas. “Tomei a iniciativa de criar essa rede depois que entrei na FIAP e percebi um ambiente predominantemente masculino. Também pesquisei dados que comprovassem a desigualdade de gênero que existe nesse setor e descobri que apenas 15% das matrículas nos cursos de tecnologia são feitas por mulheres” explica Letícia.

O processo da competição foi 100% on-line e separado em três etapas: inscrições e envio dos desafios; avaliação em rede dos desafios, Programa de Aceleração e avaliação final.  “Durante os três meses de participação, recebi diversas ajudas tanto da própria Eureca, que ofereceu o Programa de Aceleração aos finalistas, quanto de professores e colegas da FIAP. Matheus Reale e Évellyn Ribeiro também colaboraram com o projeto e juntos conseguimos criar nosso primeiro site, que visa divulgar a XXer e encontrar nossas stakeholders” ressalta a estudante.

Um dos prêmios que Letícia conquistou por vencer o concurso será a oportunidade de apresentar seu projeto no Youth Speak Forum – evento que será realizado pela AIESEC no Brasil, em dezembro de 2018, onde líderes jovens e personalidades se unirão para criar um ambiente onde pessoas de diversas origens possam ter ideias, compartilhar pensamentos e ganhar novas perspectivas. Letícia também poderá realizar um intercâmbio pela AIESEC, para o destino que desejar. “Fazer parte do Do It! transformou a forma com que enxergo o mundo. Criar a XXer e construir a plataforma tem sido meu desafio diário. Mas, saber que o projeto pode atrair mais mulheres para tecnologia e incentivar aquelas que estão no mercado a permanecer, tem me motivado a fazer com que a rede social se torne realidade” conclui Letícia.