Alunos da FIAP apresentam soluções ao Ministério Público de São Paulo

5 de dezembro de 2019
Compartilhe

Desde março de 2019, mais de cem alunos do 3º ano do curso de Sistemas de Informação da FIAP trabalharam em parceria com o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) para desenvolver soluções para tornar mais simples e rápida a pesquisa em banco de dados utilizados em investigações do MPSP. Só em 2018, o MPSP realizou mais de 50 mil pesquisas em inúmeras bases de dados. O desafio proposto aos estudantes foi de automatizar este processo utilizando a tecnologia da informação.

Depois de uma maratona de pesquisas, mentorias, desenvolvimento de protótipos, oito grupos foram classificados e três foram para a final. A equipe Inntech, formada por Artur Alves Correia de Souza, Mateus Leonardo da Silveira, Pedro de Matos Gonçalves e Vinícius Terentin Penteado, foi a grande vencedora do Smart Data Challenge. A solução criada pelos campeões irá atuar na otimização das pesquisas nos diversos portais para extrair informações dos investigados, evitando a lentidão para gerar relatórios de localização de pessoas, dando maior velocidade às investigações. O prêmio para a equipe foi de R$ 5 mil.

A equipe Arpa, composta por Guilherme Emiliano Zanella, Gustavo Pinilha Morgado dos Santos, Leonardo Naoki Kodama Higa e Roberto Alves de Sousa Junior, ficou em segundo lugar. Os alunos desenvolveram uma rede neural utilizando inteligência artificial, capaz de predizer a classe social da pessoa investigada. Além disso, a aplicação permite que o usuário acesse outras áreas do site pesquisado ou solicite outras extrações enquanto uma busca está em processo. Como prêmio, o grupo recebeu R$ 4 mil.

O grupo Compass, de Fábio Mário Fialho Silva, Gabriel Martinho Jara, Giovanna Fantini Caldeira, Renan Ventura da Silva, Samantha Rie Ishikazi, ficou em tereiro lugar. A solução apresentada pelos alunos partiu da ideia de que através dos resultados de pesquisa com uma única informação (como RG ou CPF), o sistema pode realizar novas buscas com os resultados obtidos. Como prêmio, a equipe recebeu R$ 3 mil.

Em 5 de dezembro, as três equipes campeãs foram na sede do Ministério Público de São Paulo para apresentar seus projetos. O evento foi transmitido ao vivo para cerca de dois mil promotores de São Paulo e contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, do secretário executivo da Procuradoria-Geral da Justiça, Fábio Bechara, do subprocurador-geral de Planejamento, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, do membro do Conselho Superior do MPSP, José Roberto Rochel de Oliveira e do Coordenador do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do MPSP, Laércio Carrasco Júnior. O diretor acadêmico da FIAP, Prof. Dr. Wagner Sanchez, e o coordenador do curso de Sistemas de Informação, Prof. Dr. Agesandro Scarpioni, também acompanharam as apresentações.

Por: Leda Arashiro
Fotos: Renata Carelli