ONESTATE

2 de julho de 2018
Compartilhe

Onestate

A área de negócios imobiliários parece não oferecer chance alguma de inovação. Mas não foi isso que pensaram Alceu Jr Marra de Almeida, Andressa Almeida, Carla Almeida e Eduardo Almeida, administradores de uma holding familiar que atua nesta área. Decididos a quebrar paradigmas e achar o caminho da inovação em um ramo que parecia fadado à mesmice, a terceira geração de administradores decidiu reinventar o negócio da família após fazer o MBA em Gestão Estratégica de Negócios da FIAP. O resultado foi um spin off da empresa, que se traduziu na ideia de fazer uma plataforma especialmente desenhada para os negócios imobiliários – expertise do grupo – para conectar proprietários de imóveis em pontos comerciais estratégicos com empresas que precisam expandir seus negócios. Hoje em dia, essa informação não está disponível no mercado ou é muito cara. Assim surgiu o OneState, sistema automatizado que oferece dados atualizados e precisos sobre imóveis comerciais, com acesso instantâneo aos dados por meio de Realidade Aumentada (como valor do aluguel, metragem, condomínio etc.).

“Este curso foi um divisor de águas na nossa vida e na nossa organização. Imergimos nesse mundo de tecnologia e inovação e conseguimos mudar totalmente a visão de nossa empresa, que tem mais de 20 anos no mercado” explica Eduardo, responsável pela apresentação do pitch tanto para a banca como para os convidados que compareceram à cerimônia de premiação no MAM. Alceu, Andressa e Carla concordam e estão ansiosos pela oportunidade de complementar o conteúdo visto no MBA que fizeram na FIAP com o curso que farão em Babson College, considerado o melhor do mundo na área de empreendedorismo.

O professor Cláudio Carvajal, orientador da equipe durante todo o desenvolvimento da startup, ressalta a importância do processo para a quebra de um paradigma que ronda a maioria das empresas tradicionais, que não consegue inovar e se reinventar. “Foi muito interessante participar junto com o grupo durante o processo do StartupOne, pois percebemos que mesmo executivos que já atuam na área há muito tempo conseguem inovar e despertar novos olhares, principalmente na reflexão de como a tecnologia pode promover mudanças e gerar novos produtos e serviços”, avalia Carvajal.

Com mais de 50% do projeto já desenvolvido, a plataforma One State deve estar no mercado até o final de 2018.