MBA em Cibersegurança: investir em defesa cibernética se tornou essencial

2 de março de 2021
Compartilhe

Segurança cibernética está entre as carreiras STEM (Science, Technology, Engineering and Math) mais valorizadas dos últimos anos

Em 2020, centenas de milhões de brasileiros tiveram dados como CPFs e registros de contas de celulares vazados. Este caso foi descoberto pela PSafe, empresa de segurança cibernética, ao monitorar negociações de dados sigilosos na deep web.   

O chamado “megavazamento de dados” trouxe à tona a questão da vulnerabilidade na cibersegurança. Segundo o especialista e coordenador acadêmico do MBA em Cibersegurança da FIAP, Marcelo Lau, uma empresa corre o risco de sofrer ataques cibernéticos quando ela é visada pelos criminosos, e mesmo organizações grandes, com equipes preparadas, podem sofrer com isto. A necessidade de proteger a informação faz com que todos os segmentos do mercado requisitem um especialista em cyber security.  

Atualmente, é possível notar uma escassez de profissionais de cibersegurança, já que a quantidade formada não é suficiente para atender o amplo mercado de trabalho. A alta demanda por profissionais, os altos salários e a grande importância da defesa cibernética são atrativos para se profissionalizar nesta área, seja por um MBA ou por um curso de graduação.   

Trabalhar com cibersegurança não significa lidar obrigatoriamente com ferramentas técnicas. Um exemplo desta realidade é a atual demanda de profissionais especializados em privacidade de dados pessoais. Neste caso, há um viés em tecnologia, normas e leis, por exemplo. Fazer um MBA em Cibersegurança pode impulsionar a carreira do profissional de qualquer segmento.  

De acordo com o coordenador, o MBA em Cyber Security – Forensics, Ethical Hacking & Devsecop da FIAP tem um foco amplo em segurança e alinhamento com negócios. Sendo assim, o curso é indicado para profissionais que queiram entrar nesta área – que trabalhem com tecnologia ou não – como advogados ou gestores. Entretanto, esta formação não é indicada para alguém sem experiência no mercado de trabalho, pois para ter um melhor aproveitamento do curso é preciso vislumbrar a aplicação destes ensinamentos no dia a dia da prática corporativa. “O MBA em Cyber Security da FIAP vai ajudar o aluno a entender o negócio como um todo, usando as novas tendências e tecnologias, visando otimizar processos e atuar como um agente transformador da sua organização. O profissional que dominar as tecnologias emergentes e as técnicas de cyber security vai levar seu negócio para um novo patamar de resultado”, finaliza o coordenador. 

 

Por: Giulia Andrade